A Especialista

Levada pelo desejo de aliar um ambiente moderno a tudo o que há de novo em óculos solares e armações, diretamente de grandes grifes, o estilo AE tem como inspiração as batidas das passarelas – luzes, cenários e bastidores de quem vive tudo o que acontece no universo fashion.

Semana De Moda De New York: Conforto e autoconfiança

A Semana de Moda de Nova York, uma das mais importantes do circuito fashion global, é a primeira a lançar tendências que serão replicadas em Londres, Paris e Milão e que, em seguida, ganharão as vitrines e ruas. O Blog AE preparou pra você um resumão do que rolou na semana fashion Nova Iorquina.

CORES SÓBRIAS
Apesar dos canutilhos, tachas e lantejoulas dando o arremate das peças, as cores sóbrias mostraram que serão must have na temporada inverno 2015. Branco, preto e azul foram os tons predominantes: sóbrios, porém sensuais. A Diesel, famosa por looks OUSADOS e SUPERSEXIEIS, subiu à passarela com composições 100% black. Saias plissadas, couro e tecidos pesados abriram caminho para uma coleção mais madura. A grife assinada por Victoria Beckham seguiu a mesma tendência: casacos de tweed longos e bem estruturados em cores sóbrias. Na primeira fila do desfile, o maridão David Beckham e os filhos do casal assistiram à apresentação vestidos de preto.

  OVERSIZED Não foram poucos os estilistas que apostaram em peças oversized nas passarelas novaiorquinas esta semana. Mas Donna Karan foi, sem dúvidas, uma das principais representantes da tendência. A grife DKNY desfilou mangas compridas e folgadonas, que davam um tom “desleixado”, porém formal à aparência das modelos. Jill Stewart também exibiu maxivestidos cheios de charme. O frio do inverno em NY não é a única justificativa para a aposta da temporada. Conforto para acompanhar a versatilidade da rotina das mulheres modernas seria um dos principais motivos para esse tipo de desenho. As calças de alfaiataria de Derek Lam atestam isso. Looks adaptados do guarda-roupa masculino servem, muitas vezes, de matéria prima para o design final. E ainda remetem ao ideal da igualdade de gêneros. Conforto e autoconfiança seriam palavras-chave ao vestir um look oversized. Um bom primeiro passo para testar essa tendência pode ser vestir uma camiseta ou casaco do irmão, namorado, marido.

 

OVERSIZED

Não foram poucos os estilistas que apostaram em peças oversized nas passarelas novaiorquinas esta semana. Mas Donna Karan foi, sem dúvidas, uma das principais representantes da tendência. A grife DKNY desfilou mangas compridas e folgadonas, que davam um tom “desleixado”, porém formal à aparência das modelos. Jill Stewart também exibiu maxivestidos cheios de charme. O frio do inverno em NY não é a única justificativa para a aposta da temporada. Conforto para acompanhar a versatilidade da rotina das mulheres modernas seria um dos principais motivos para esse tipo de desenho. As calças de alfaiataria de Derek Lam atestam isso. Looks adaptados do guarda-roupa masculino servem, muitas vezes, de matéria prima para o design final. E ainda remetem ao ideal da igualdade de gêneros. Conforto e autoconfiança seriam palavras-chave ao vestir um look oversized. Um bom primeiro passo para testar essa tendência pode ser vestir uma camiseta ou casaco do irmão, namorado, marido.

  LISTRAS Antes restrita ao armário masculino, a risca de giz promete ganhar espaço no guarda-roupa das mulheres em versões repaginadas nas próximas temporadas a partir do inverno 2015. A grife Timo Weiland apostou em listras mais estreitas e intervalos regulares, tudo em tonalidades sóbrias. Um certo “pijamismo” foi percebido por fashionistas e críticos, já que o repertório de peças incluiu camisas, calças, casacões e cardigans em tamanhos exagerados. Conforto pareceu primordial. Frame Denim investiu nas listras azuis e brancas, em peças com corte formal, apropriadas para o ambiente de trabalho. Enquanto isso, Nicholas K imprimiu a estampa listrada em blazers compridos e calças no modelo flare. Mais espaçadas e finas as listras prometem voltar com roupagem de alfaiataria, como “pijamas” sofisticados.

 

LISTRAS

Antes restrita ao armário masculino, a risca de giz promete ganhar espaço no guarda-roupa das mulheres em versões repaginadas nas próximas temporadas a partir do inverno 2015. A grife Timo Weiland apostou em listras mais estreitas e intervalos regulares, tudo em tonalidades sóbrias. Um certo “pijamismo” foi percebido por fashionistas e críticos, já que o repertório de peças incluiu camisas, calças, casacões e cardigans em tamanhos exagerados. Conforto pareceu primordial. Frame Denim investiu nas listras azuis e brancas, em peças com corte formal, apropriadas para o ambiente de trabalho. Enquanto isso, Nicholas K imprimiu a estampa listrada em blazers compridos e calças no modelo flare. Mais espaçadas e finas as listras prometem voltar com roupagem de alfaiataria, como “pijamas” sofisticados.

© 2016 Ópticas A Especialista.
Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por
dvcm.com.br